Farah ameaça tirar árbitro do quadro

O presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Eduardo José Farah, garantiu, que vai excluir o juiz Paulo César de Oliveira do quadro de árbitros da entidade se forem confirmadas as acusações feitas contra ele após o jogo entre Ponte Preta e São Paulo, sábado, em Campinas."Ele nunca mais vai apitar no futebol paulista se forem comprovadas as acusações", confirmou o presidente da FPF, momentos antes da realização, agora à tarde, do Conselho Arbitral das Séries B-2 e B-3.A FPF vai convocar o meia Piá, da Ponte Preta, para depor sobre as acusações feitas contra o juiz, que teria xingado, provocado e ameaçado o jogador na partida contra o são Paulo, sábado, em Campinas. O técnico Nelsinho Baptista também será ouvido, mas na condição de convidado, uma vez que fez opiniões consideradas fortes sobre o comportamento do juiz.Piá foi expulso nos minutos finais no empate de 2 a 2 contra o São Paulo pelo Campeonato Paulista, mas deixou o campo reclamando das atitudes anti-desportivas do juiz, que o teria xingado e provocado durante todo o jogo. Agora a questão será resolvida no Tribunal de Justiça da FPF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.