Farah já admite São Caetano no Rio-SP

O presidente da Liga Rio-São Paulo, Eduardo José Farah, disse nesta terça-feira que o São Caetano tem boas chances de ser convidado para a disputa do próximo Torneio Rio-São Paulo. "Existe essa possibilidade, vamos analisar com calma", disse Farah, durante reunião no Rio de Janeiro, na qual os clubes formalizaram a criação da Liga.Apesar de não terem enviado representantes para o encontro, Palmeiras e São Paulo também assinaram o documento que dá origem à liga. Todos os demais clubes envolvidos na competição foram signatários do texto.O regulamento e a tabela do torneio ainda serão definidos - provavelmente até 25 de novembro. Mas algumas medidas já foram anunciadas e prometem polêmica. Uma delas a respeito do limite de faltas coletivas (15, no máximo). Uma infração a mais deverá ser punida com tiro livre, da entrada da área. Outra refere-se à idéia de que dois árbitros comandem os jogos. A Fifa não permite nenhuma das duas iniciativas.O Rio-São Paulo vai começar em 19 de janeiro, com partida disputada no Rio de Janeiro. Seu término está previsto para 12 de maio. Os jogos serão disputados em 17 fins de semana, com duas rodadas intermediárias.Quatro clubes vão compor o Comitê Executivo da entidade: Flamengo, Fluminense, Corinthians e Santos. O Rio-São Paulo vai entregar ao vencedor o troféu Eduardo Viana. Nesta quarta-feira, em São Paulo, os clubes darão entrada dos documentos em cartório para que possam dar início ao funcionamento da liga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.