Farah pode perder dinheiro da FPF

O presidente da Liga Rio São Paulo, Eduardo José Farah, está em situação delicada. Há poucas semanas, o dirigente fez três empréstimos com dinheiro da Federação Paulista de Futebol, na qual é presidente licenciado: um de aproximadamente R$ 2,5 milhões para o Vasco, outro para o Flamengo de R$ 2 milhões e outro de R$ 1,8 milhões para o Botafogo-RJ. Segundo o presidente do Fluminense, David Fischel, para ceder o dinheiro, Farah recebeu como garantia dos clubes, o repasse para a FPF das cotas de direitos de trasmissão pela TV da Liga Rio-São Paulo. Se os clubes decidirem não participar da competição para disputar o Campeonato Carioca, o pagamento do empréstimo pode virar um problema. "Se isso acontecer vamos tentar resolver o caso na amizade, mas se não for possível talvez tenhamos de recorrer à Justiça."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.