Favoritos vencem nas Confederações, espanhóis brilham no MotoGP e Brasil domina vôlei de quadra e de praia

Brasil, Espanha e Itália ganham em fim de semana com primeiro título de Roger Federer

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

17 de junho de 2013 | 08h31

SÃO PAULO - O início da Copa das Confederações no Brasil monopolizou as atenções no fim de semana. Mas muita coisa de boa agitou o mundo do esporte, com a seleção nacional vencendo a rival argentina na Liga Mundial de Vôlei, duplas brasileiras no topo do pódio no vôlei de praia, domínio espanhol na MotoGP, San Antonio abrindo vantagem sobre o Miami Heat na decisão da NBA, UFC 161, eliminatórias africanas, e Federer ganhando o primeiro título da temporada. O Resumo Esportivo mostra o que de bom aconteceu nos quatro cantos do planeta

COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Os protestos em Brasília e Rio contra a realização da competição não foram capaz de tirar o brilho do começo da Copa das Confederações. A Polícia Militar agiu rápido e evitou que manifestantes e torcedores se envolvessem em confusão e o futebol se sobressaiu, com favoritos confirmando a força.

BRASIL X JAPÃO

A abertura ficou marcada por homenagem às oito participantes e sonora vaia à presidente Dilma. O público presente ao Mané Garrincha não a poupou em seu discurso de início da competição. Ela ficou sem graça, mas promete estar na final. E conta com o Brasil no Maracanã. A seleção, por sinal, iniciou com tudo diante do Japão. Fez 3 a 0, viu Neymar desencantar (Paulinho e Jô marcaram os outros gols) e a torcida abraçar o time.

ITÁLIA X MÉXICO

Os italianos foram outros a mostrar força. Dominaram a partida diante do México e, mesmo levando susto quando Chicharito empatou o jogo em 1 a 1, após Pirlo abrir placar com cobrança precisa de falta, foram buscar a vitória. O musculoso Balotelli mostrou sua força ao ganhar da defesa e garantir o 2 a 1 no Maracanã com mais de 71 mil pessoas. Garantiu o resultado, a festa, mas não escapou de bronca do técnico Cesare Prandelli por tirar a camisa e levar cartão amarelo.

ESPANHA X URUGUAI

Campeã europeia e do mundo, a Espanha não deu chances ao Uruguai. Tocou a bola como quis o tempo todo, fez dois gols, com Pedro e Soldado e depois diminuiu o ritmo. O gol de Suárez no fim serviu apenas para os torcedores pernambucanos se alegrarem já que declararam torcida aos sul-americanos. O 2 a 1 poderia ter sido 3, 4, 5, tamanha a superioridade.

ELIMINATÓRIAS AFRICANAS

País-sede da última Copa do Mundo, a África do Sul não estará no Brasil em 2014. A seleção perdeu da Etiópia por 2 a 1 e não tem mais chances de classificação. Camarões também está em situação delicada após empate com o Congo que o deixou em segundo na chave, atrás da Líbia. As seleções fazem confronto decisivo na rodada final desta fase. Costa do Marfim, Egito e Argélia estão na fase final e Senegal, Gana e Nigéria, bem perto. Os 10 classificados farão cinco confrontos mata-matas e os vencedores vão à Copa.

UFC 161

Não foi desta vez que Rashad Evans se despediu do UFC. O norte-americano ganhou do compatriota Dan Henderson na luta principal da edição 161 por pontos: (28 a 29, 29 a 28 e 29 a 28). Evans vinha de duas derrotas e corria risco de demissão.

LIGA MUNDIAL

A seleção brasileira manteve os 100% de aproveitamento na Liga Mundial de Vôlei. Jogando em Mendoza, a equipe nacional não tomou conhecimento da Argentina, vencendo fácil na sexta-feira e também no sábado. O segundo jogo (foi a quarta vitória no torneio) terminou com parciais de 25/21, 27/25 e 15/13 e ficou marcado pela fratura exposta no dedo mindinho da mão direita do central Isac.

VÔLEI DE PRAIA

Depois de venceram em Xangai, Taiana e Talita repetiram a dose e venceram a etapa de Haia, na Holanda, do Grand Slam de Vôlei de Praia. As brasileiras ganharam das compatriotas Maria Clara e Carol, por 2 sets a 0 na final, parciais de 21/16 e 21/13. Entre os homens, Bruno Schmidt e Pedro Solberg acabaram com o jejum de títulos ao baterem os letões Janis Smedins e Samoilovs por 2 a 0 (21/19 e 21/12). Foi a primeira conquista de Schmidt. Já Solberg desencantou. Ele não vencia desde 2010.

MOTOGP

O Grande Prêmio da Catalunha demonstrou o domínio espanhol na categoria. Jorge Lorenzo ganhou a corrida, seguido por Dani Pedrosa e Marc Marquez. O trio também lidera o mundial da categoria, mas Pedrosa figura em primeiro, com 123 pontos, diante de 116 de Lorenzo. Marquez aparece mais atrás, com 93.

TÊNIS

Roger Federer comemorou seu primeiro título na temporada neste domingo. O suíço superou o russo Mikhail Youzhny, de virada, por 2 a 1. Federer fez 6/7 (3), 6/3 e 6/4 para erguer o troféu em Halle, na Alemanha. Em Queen’s, quem triunfou foi o britânico Andy Murray. O tenista local superou o croata Mario Cilic, também de virada, por 5/7, 7/5 e 6/3. Em Birmingham, título para a eslovena Daniela Hantuchova sobre a jovem croata Donna Vekic por 7/6 (7/5) e 6/4.

NBA

O San Antonio Spurs está a uma vitória de conquistar o título da NBA. No Texas, a equipe contou com boa apresentação do argentino Manu Ginóbili, autor de 24 pontos – tinha feito 30 nos quatro primeiros jogos – para ganhar do Miami Heat por 114 a 104 e abrir 3 a 2 na série decisiva. Os dois próximos jogos serão em Miami, na terça-feira e na quinta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.