Reuters
Reuters

FC Seoul pede desculpas após colocar bonecas sexuais 'sem saber' em suas arquibancadas

Clube contratou empresa para implementação de "manequins premium"

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2020 | 13h45

O FC Seoul pediu desculpas aos seus torcedores após ter colocado bonecas nas arquibancadas de seu estádio na partida contra Gwangju, pelo Campeonato Sul-Coreano. A retratação aconteceu após seus adeptos reclamarem, nas redes sociais do clube, que a equipe estaria fazendo propaganda de artigo sexuais. Na ocasião, as bonecas vestiam camisas do time e seguravam cartazes em a apoio à equipe. Vale lembrar, que os jogados não contam com a presença de torcedores em razão do novo coronavírus.

“Lamentamos sinceramente que tenhamos criado uma situação desconfortável para os nossos torcedores. Garantimos desde o início que essas bonecas não tinham nada a ver com brinquedos sexuais”, explicou o FC Seoul, em comunicado.

De acordo com o clube, estavam presentes nas arquibancadas 30 “manequins premium”, que, diferente dos manequins convencionais, encontrados em shoppings e lojas de departamento, possuem características humanas. Ao todo, 28 deles eram mulheres e apenas dois eram homens.

Em entrevista à emissora britânica BBC, um dirigente do FC Seoul afirmou que não houve avaliação do histórico da empresa antes que seus serviços fossem contratados, portanto, o clube não tinha conhecimento se a Dalcom possui relações com a indústria de artigos sexuais.

Após cerca de dois meses suspenso em razão do novo coronavírus, o futebol sul-coreano foi retomado, na última sexta-feira (08) com portões fechados e seguindo uma série de restrições que visam impedir a contaminação e propagação da covid-19 entre os jogadores.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFC Seoul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.