Federação adia decisão sobre Dida

A Comissão de Disciplina da Federação Italiana de Futebol decidiu postergar mais uma vez a decisão sobre o caso de uso de passaportes falsos envolvendo o Milan e o goleiro Dida. A comissão vai se reunir no próximo dia 23, quando vai avaliar os recursos apresentados pelos clubes, como o próprio Milan, além de Inter de Milão, Udinese, Lazio, Roma, e definir a distinção entre jogadores comunitários - cidadãos de um país da União Européia - e não comunitários.A comissão deve resolver também outros casos de uso de passaportes falsos, envolvendo os brasileiros Valentim Alberto, Silva Warley, Jorginho e Alejandro da Silva. Os clubes podem ser punidos com perda de pontos e os jogadores envolvidos poderão ser suspensos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.