Federação ameaça multar jogadores da Sérvia e Montenegro

O presidente da Federação de Futebol da Sérvia e Montenegro, Tomislav Karadzic, ameaçou neste domingo multar os jogadores que não demonstrarem empenho na última partida da equipe na Copa do Mundo, contra a Costa do Marfim, na próxima quarta-feira, pela terceira rodada do Grupo C.A Sérvia e Montenegro começou a Copa perdendo para a Holanda, por 1 a 0, no dia 11, e foi goleada pela a Argentina, por 6 a 0, última sexta-feira. Com as duas derrotas, a seleção já não tem mais chances de se classificar para as oitavas-de-final. Pouco antes do inicio do Mundial, um plebiscito no dia 21 de maio decidiu pela separação política entre a Sérvia e Montenegro, que formavam a extinta Iugoslávia juntamente com a Macedônia, a Croácia, a Bósnia e outros países. No entanto, a Fifa determinou que a seleção participasse do Mundial, ainda unificada, pela primeira e única vez. Após a Copa do Mundo, Sérvia e Montenegro ainda formarão uma única nação, mas no vôlei. A Federação Internacional determinou que os dois países joguem com uma mesma bandeira nos Mundiais feminino e masculino, que acontecerão no Japão nos meses de outubro e novembro deste ano, e também na Liga Mundial, que começará no dia 14 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.