Enric Fontcuberta/Efe
Enric Fontcuberta/Efe

Federação anuncia fim dos jogos às segundas no Espanhol na próxima temporada

Tendência é a competição ter compromissos concentrados no sábado e no domingo

Redação, Estadão Conteúdo

01 de março de 2019 | 13h14

A partir da próxima temporada, o Campeonato Espanhol não terá mais jogos nas noites de segunda-feira. A decisão de não marcar mais partidas para esta data foi anunciada nesta sexta pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, em seu perfil no Twitter. A decisão é uma resposta aos protestos dos torcedores de diferentes clubes do país.

Em sua publicação, Rubiales também indicou que a federação vai negociar para que não sejam disputados mais jogos às sextas-feiras no Campeonato Espanhol, concentrando os duelos no sábado e no domingo.

"Não haverá mais futebol nas segundas-feiras. A partir da próxima temporada, o futebol será no sábado e no domingo. O negócio é importante, mas os torcedores são mais importantes", escreveu o dirigente.

O Campeonato Espanhol tem jogos realizados às segundas-feiras desde 2010 em função de acordo para transmissão dessas partidas pelas TVs. Mas isso vinha provocando muitas reclamações, que apontavam a decisão de priorizar o dinheiro pago pelos direitos em detrimento aos torcedores.  

Em janeiro, quando o Alavés recebeu o Levante em uma segunda-feira, torcedores fizeram um dos atos mais marcantes contra a disputa de jogos na data, deixando o estádio vazio até os cinco minutos do primeiro tempo, além de realizar um enterro simbólico do "futebol moderno".

Envolvidos em competições europeias, os principais clubes da Espanha, como Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla, não costumam atuar às segundas. E a distribuição dos jogos entre os clubes vinha sendo desproporcional, como ocorre com Athletic Bilbao, que atuou em oito das 25 rodadas já disputadas em segundas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.