Federação checa vai estender contrato do técnico Bruckner

O porta-voz da Federação Checa de Futebol, Vaclav Tichy, disse nesta sexta-feira que a entidade vai oferecer ao técnico Karel Bruckner uma extensão de dois anos de seu contrato, apesar da eliminação da equipe na primeira fase da Copa da Alemanha.O vice-presidente da federação, Vlastimil Kostal, tem uma reunião com Bruckner marcada para a próxima terça-feira, e a estimativa é de que o novo contrato seja assinado em duas semanas. O treinador assumiu o comando da seleção checa em 2002, logo após a não classificação da equipe para o Mundial da Coréia do Sul e do Japão. Sob seu comando, a República Checa chegou às semifinais da Eurocopa de 2004, em Portugal.Segunda colocada no ranking da Fifa, a República Checa foi eliminada logo na primeira fase desta Copa, terminando o grupo E apenas na terceira posição, atrás de Itália e Gana. O treinador atribuiu o fracasso à falta de disciplina da equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.