Federação do Rio boicota a Liga

Um dia depois de Flamengo e Vasco anunciarem boicote à Liga Rio-São Paulo, o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, Eduardo Viana, resolveu seguir o mesmo caminho e disse que os clubes cariocas não participarão do Torneio Rio-São Paulo caso ele tenha 16 equipes. O dirigente quer um campeonato com apenas 8 times (Vasco, Flamengo, Botafogo, Fluminense, Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos), como tem sido realizado nos últimos anos, e até avisou que o Carioca de 2002 já tem tabela pronta: começa dia 19 de janeiro.Eduardo Viana esteve na tarde desta terça-feira na sede da CBF, no Rio, para avisar o secretário-geral da entidade, Marco Antônio Teixeira, do boicote carioca à Liga Rio-SP. O dirigente até menosprezou o contrato entre a Liga e TV Globo para a transmissão do Torneio Rio-São Paulo com 16 clubes. ?Não tem contrato nenhum. A Globo que se precipitou e saiu vendendo cotas de patrocínio. Isso é problema da Globo?, afirmou o presidente da Federação do Rio.O boicote carioca à Liga é uma represália às investigações da CPI do Senado, que denunciaram o próprio Eduardo Viana e os presidentes do Vasco (Eurico Miranda) e do Flamengo (Edmundo Santos Silva) de cometeram irregularidades em suas administrações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.