Anne-Christine Poujoulat/AFP
Anne-Christine Poujoulat/AFP

Federação Egípcia diz que Salah entrará em campo contra a Rússia

Atacante do Liverpool permaneceu no banco durante todo duelo contra o Uruguai

Estadão Conteúdo

16 Junho 2018 | 19h14

Depois de ficar fora da estreia da Copa do Mundo, o atacante Mohamed Salah entrará em campo pela seleção do Egito na segunda rodada, no duelo contra a Rússia, na próxima terça-feira, em São Petersburgo, pelo Grupo A.

+ Cúper justifica ausência de Salah e prevê astro bem para próximos jogos do Egito

Desistências de patrocinadores e cartolas 'esvaziaram' jogo do Uruguai, diz Fifa

A informação foi divulgada pelo Liverpool, time em que atua o jogador. "Mo Salah está pronto para ser escalado no segundo jogo do Egito na Copa do Mundo, contra a Rússia, na terça-feira, declarou a Federação Egípcia de futebol" diz o comunicado dos clube inglês nas redes sociais.

A Federação Egípcia disponibilizou neste sábado em seu site oficial o áudio de uma entrevista do diretor de futebol da seleção, Ihab Leheta, mas na língua local. Ele fala sobre o jogo contra o Uruguai e as expectativas para as próximas partidas.

O Liverpool reproduziu alguns trechos dessa declaração. Uma delas diz que a decisão de não colocar Salah em campo foi por decisão exclusiva do técnico Hector Cúper, pois clinicamente ele estava bem. "Ele estava pronto para jogar contra o Uruguai, mas o técnico não quis correr o risco de escalá-lo".

 

O clube inglês ainda complementou o comunicado com declarações do técnico do Egito, Hector Cúper, dadas após a derrota por 1 a 0 para o Uruguai na estreia da competição. "Não quisemos correr riscos nesse jogo, mas acredito que ele estará bem para o próximo", declarou o treinador.

A partida contra a Rússia é fundamental para o futuro do Egito na competição. Uma nova derrota pode até custar a eliminação na segunda rodada. Por isso, Salah deve ir para a partida mesmo com dores.

Salah participou neste sábado do treino físico do Egito. O jogador, no entanto, tem demonstrado dificuldade para levantar o braço esquerdo. O atacante machucou o ombro no primeiro tempo da decisão da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, após choque com o zagueiro Sergio Ramos no dia 26 de maio.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.