Federação escocesa promete evitar greve de árbitros

A Federação Escocesa de Futebol (SFA na sigla em inglês) disse que fará tudo o que for possível para evitar uma greve dos árbitros. A decisão de realizar uma paralisação aconteceu após os juízes terem o desempenho criticado pelos clubes da Escócia.

AE-AP, Agência Estado

22 de novembro de 2010 | 12h35

Todos os 31 membros da categoria presentes em uma reunião da Associação de Árbitros da Escócia no domingo votaram a favor de recusa de nomeações para os jogos da próxima semana. Dois outros árbitros estavam ausentes do encontro.

Presidente da SFA, George Peat descreveu a greve como "um dia triste para o futebol escocês". Ele disse que a SFA "fará tudo que for possível para intermediar um acordo antes do fim de semana, porque é obviamente importante que eles trabalhem no sábado e domingo".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEscóciaárbitrosgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.