Andreu Dalmau/EFE
Andreu Dalmau/EFE

Federação espanhola retira cartão amarelo dado a Messi por 'cera'

Depois de ver pedido negado por um comitê, Barcelona entra com novo recurso numa comissão superior e estratégia dá certo  

Reuters

04 de dezembro de 2014 | 20h11

O cartão amarelo dado ao atacante do Barcelona Lionel Messi por 'cera' depois que ele foi aparentemente atingido na cabeça por um objeto atirado pela torcida em jogo do Campeonato Espanhol, no domingo, em Valencia, foi retirado pela federação espanhola de futebol (RFEF).

O apelo inicial do Barça foi rejeitado pelo comitê de competição da RFEF, e o clube apresentou um segundo recurso a uma comissão superior de apelações, que decidiu em seu favor nesta quinta-feira.

A RFEF disse em seu site (www.rfef.es) que o comitê não conseguiu detectar "perda de tempo deliberada" por parte de Messi, mas apenas "uma reação normal de alguém que tinha sofrido uma agressão de um espectador".

Messi estava comemorando seu gol aos 49 minutos do segundo tempo com seus companheiros de equipe perto da bandeirinha de canto no estádio Mestalla, quando uma garrafa de plástico foi atirada das arquibancadas e pareceu atingi-lo na cabeça.

(Reportagem de Iain Rogers)

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfc barcelonalionel messi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.