Divulgação
Divulgação

Federação rebaixa Catania para 3ª divisão por manipulação

Clube começará competição com um saldo negativo de 12 pontos

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2015 | 11h08

A Federação Italiana de Futebol anunciou nesta quinta-feira o rebaixamento do Catania para a terceira divisão. O time sofreu a punição por causa do envolvimento em caso de manipulação de resultados na segunda divisão.

Além disso, o clube foi multado em 150 mil euros (cerca de R$ 576 mil) e terá que começar a competição com um saldo negativo de 12 pontos na tabela. O presidente do Catania, Antonio Pulvirenti, também foi punido. Levou multa de 300 mil euros e foi suspenso do esporte por cinco anos.

Pulvirenti foi preso no mês passado acusado de pagar até 10 mil euros a jogadores de times rivais em ao menos seis partidas: nas vitórias sobre Avellino, Varese, Trapani, Latina e Ternana e no empate contra o Livorno. Outros seis dirigentes foram presos na mesma operação liderada pela polícia em julho.

Com estes resultados, o Catania terminou a segunda divisão na 15ª colocação, apenas dois pontos acima da zona de rebaixamento. Evitada dentro de campo, a queda acabou sendo sacramentada por decisão da Federação Italiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.