Federação Paulista de Futebol quer acabar com organizadas

Por causa da confusão criada na noite de quinta-feira pela torcida do Corinthians, logo após a derrota para o River Plate, no Pacaembu, pela Copa Libertadores, o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, declarou que pretende acabar com as organizadas nos campos. "Foi um momento triste do futebol. Mais uma vez, os mesmos vândalos de sempre causaram confusão, foram aqueles 300 de sempre e temos que acabar com eles (torcidas organizadas), enquadrar mesmo. Mas não são só eles. Temos que acabar todas", afirmou o dirigente, em entrevista à rádio Jovem Pan. Ele afirmou já ter um plano definido para isso. "Temos um plano pronto e estamos só esperando o Ministério Público para implantá-lo". Sobre a realização do clássico entre Corinthians e São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, que está marcado para este domingo no Pacaembu, Del Nero ressaltou que pretende resolver o assunto ainda nesta sexta. "Nós temos que ouvir a CBF e ver o regulamento para ver como funciona a inversão do mando de campo. Vamos checar todos os elementos que podem dar maior segurança ao espetáculo", disse.

Agencia Estado,

05 Maio 2006 | 09h56

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.