Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Federação Paulista registra novo contrato de Luis Felipe com Palmeiras

Lateral esta treinando em separado e não será utilizado pelo clube

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

09 de fevereiro de 2014 | 10h38

SÃO PAULO - O Palmeiras conseguiu uma importante vitória na disputa com o lateral-direito Luis Felipe. A Federação Paulista de Futebol, a FPF, registrou o contrato que o clube alega ser o correto feito com o atleta e a partir de agora o lateral fica ligado ao clube até dezembro de 2014.

O contrato anterior terminava em abril. A polêmica começou no ano passado, quando a diretoria do Palmeiras chamou o lateral para conversar sobre uma renovação e ficou acertado que ele renovaria até dezembro. Quando foi registrar o novo contrato, o Palmeiras colocou dezembro de 2013 e não 2014 no registro, o que fez o novo acordo ser cancelado, já que não é aceito a diminuição de um tempo de contrato.

Ao detectar o erro, o Palmeiras chamou novamente o atleta para ele assinar o documento certo, mas ele não quis pelos valores acertados anteriormente. Alegando ter propostas de clubes do exterior - ele estaria muito bem encaminhado com o Benfica -, Luis Felipe pediu um salário bem maior e a atitude irritou o presidente Paulo Nobre, que o afastou do elenco e mandou que ele treinasse em horários alternativos, sem poder ter contato com os antigos companheiros.

E a briga teve início porque o Palmeiras alega que em várias partes do novo contrato, fica claro que o acordo é até dezembro de 2014, mas no trecho onde constam as assinaturas dos envolvidos, está dezembro de 2013. Pelo menos para a FPF, a justificativa convenceu.

Apesar do registro, o lateral não será aproveitado pelo técnico Gilson Kleina. Na prática, a prorrogação do contrato só permite que o clube tenha maior flexibilidade para negociá-lo, já que antes ele podia assinar com qualquer clube e ir embora de graça. Agora, ele só pode assinar um pré-contrato a partir de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasLuis Felipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.