Federações já querem mudar calendário

Depois de reunião realizada na sede da CBF, nesta quarta-feira, os presidentes de federações estaduais de futebol já reivindicam uma alteração no calendário quadrienal criado pela entidade, que retira os times grandes dos campeonatos estaduais. Eles pedem que os supercampeonatos - que contarão com as equipes que disputarão os regionais, como o Rio- São Paulo e o Sul-Minas - se transformem de quadrangulares em hexagonais. Os dirigentes, com algumas exceções, não se opuseram ao restante do modelo proposto pela cúpula do futebol brasileiro.O principal argumento dos presidentes para a mudança é de que as federações já assinaram contratos com as televisões e os campeonatos estaduais ficariam muito enfraquecidos sem os clássicos. "O que será do Gauchão sem o Gre-Nal?", exemplificou o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Emídio Peronde. Haverá uma reunião do Conselho Consultivo, na próxima quarta-feira, com a presença do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para discutir o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.