Federações querem manter calendário

Comissão formada por presidentes de sete federações estaduais vai levar amanhã à direção da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) proposta para o calendário do futebol do País em 2003. O documento, que será entregue pelo presidente de Federação de Futebol de Pernambuco, Carlos Alberto Oliveira, tem como objetivo a repetição do calendário nos próximos anos e prevê a continuação da Copa dos Campeões. A competição pode estar sendo disputada pela última vez, se a CBF resolver acatar outro calendário, elaborado pelo grupo de estudos especiais do Ministério do Esporte e Turismo. "Tem de prevalecer a vontade das federações, dos clubes", disse Oliveira, pré-candidato à Presidência da CBF, em 2003. Oliveira e o restante da comissão vão apresentar à CBF a proposta de datas para as competições mais importantes do futebol nacional. Os campeonatos regionais, de acordo com a intenção das federações, começaria em 15 janeiro e seria disputada até 11 de maio. Os Estaduais voltariam a ter datas mais longas, seriam de 29 de janeiro até 8 de junho. A Série A do Brasileiro teria início em 13 de agosto e terminaria em 10 de dezembro. As Séries B e C começariam em 16 agosto com encerramento previsto para a mesma data do campeonato principal. Oliveira anteviu dificuldades para a CBF aprovar o documento. "A diretoria da CBF não demonstrou muito interesse em discutir isso, vamos ver como fica", disse o dirigente. Pela proposta, a próxima Copa dos Campeões seria disputada entre 10 julho e 10 de agosto de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.