Tony Mcdonough/EFE
Tony Mcdonough/EFE

Federer e Bencic perdem nas duplas, mas vão à final na Copa Hopman

Osaka reage com 'pneu', vence letã e vai à semifinal em Brisbane

Redação, Estadão Conteúdo

03 de janeiro de 2019 | 13h38

A equipe da Suíça perdeu o seu primeiro confronto nesta Copa Hopman, nesta quinta-feira. O time de Roger Federer e Belinda Bencic foi superado pela Grécia de Stefanos Tsitsipas e Maria Sakkari no duelo feminino e também na partida de duplas mistas, em Perth, na Austrália.

Federer abriu o confronto vencendo Tsitsipas, atual 15º do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (7/4). Mas, na sequência, Sakkari fez valer a boa fase para superar Bencic por 6/3 e 6/4. No desempate, os gregos derrotaram os suíços por 4/3 (6/4), 2/4 e 4/3 (5/3).

A Suíça havia garantido a vaga na final ainda no primeiro jogo, na vitória de Federer. O ponto somado pelo atual número três do mundo foi o suficiente para classificar a equipe para mais uma final - os suíços são os atuais campeões da Copa Hopman.

Para alcançar a decisão, os gregos precisavam vencer os três jogos, na busca pela liderança do Grupo B. Em terceiro lugar ficou a Grã-Bretanha e os Estados Unidos, de Serena Williams, terminaram na quarta colocação, sem vencer um confronto sequer.

O rival da Suíça na final vai sair do duelo entre Alemanha e Austrália, que brigam pela liderança do Grupo A nesta sexta-feira. A decisão do título da Copa Hopman está marcada para este sábado.

Osaka reage com 'pneu', vence letã e vai à semifinal em Brisbane

A tenista japonesa Naomi Osaka sofreu nesta quinta-feira, mas garantiu seu lugar na semifinal do Torneio de Brisbane, na Austrália. A campeã do US Open saiu atrás no placar, diante da letã Anastasija Sevastova, e buscou a virada para fechar o jogo por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/0 e 6/4.

Cabeça de chave número dois da competição, Osaka vai encarar na semifinal a ucraniana Lesia Tsurenko, que derrotou nesta quinta a estoniana Anett Kontaveit por 7/5 e 6/3. Tsurenko ocupa atualmente a 27ª posição no ranking da WTA.

Para alcançar a semifinal, Osaka precisou suar nesta quinta. A número cinco do mundo perdeu o set inicial ao sofrer duas quebras e não conseguiu sequer ameaçar o serviço de Sevastova.

A reação, contudo, veio com força no segundo set. A japonesa obteve três quebras em sequência e fechou um "pneu" sobre a rival, 11ª do mundo. Na terceira parcial, Osaka faturou mais uma quebra e definiu a vitória após 1h31min.

Com a boa campanha em Brisbane, torneio de nível Premier, Osaka vai subir no ranking. Ela já assegurou a quarta colocação até agora. Se for campeã, no fim de semana, a japonesa alcançará o terceiro posto, que seria sua melhor posição na lista da WTA. A seu favor tem a queda precoce da dinamarquesa Caroline Wozniacki no Torneio de Auckland, nesta quinta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.