Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Felipão admite Palmeiras 'ansioso' em empate contra o Paraná

Alviverde perdeu chance de ficar ainda mais perto do título com 1 a 1 diante do lanterna

O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2018 | 21h21

Com o título brasileiro cada vez mais próximo, os jogadores do Palmeiras começam a trabalhar o lado emocional para conter a ansiedade dentro de campo. Nos últimos dois jogos fora de casa, contra Atlético-MG e Paraná, o time não jogou bem e apenas empatou. 

Para o técnico Luiz Felipe Scolari, a ansiedade prejudicou o time no empate diante do lanterna Paraná, neste domingo, em Londrina. 

"Isso atrapalhou, principalmente no segundo tempo, quando empatamos o jogo e, depois, ansiosamente, começamos a não jogar futebol, a não criar a situação que poderia nos dar a vitória. Era tudo no apressadinho. Não é assim que estamos jogando, nem mantendo a liderança. É uma situação que teremos de trabalhar durante a semana", analisou o treinador. 

O goleiro Weverton afirmou que o time precisa ter mais tranquilidade nos momentos de decisão. "Precisamos ter tranquilidade, não é hora de desesperar, foi mais um jogo sem perder. Vamos firmes para fazer um grande jogo em casa, onde estamos acostumados, e fazer mais uma vitória para, dependendo dos outros resultados, confirmar esse título".

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.