Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Felipão afirma que Palmeiras está perto do nível das atuações de 2018

Às vésperas de encontro com o Corinthians, técnico vê equipe em evolução no Paulista

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2019 | 11h00

A terceira vitória seguida no Campeonato Paulista, obtida nesta quarta-feira, sobre o Oeste, levou o técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, a elogiar a evolução da equipe. Na opinião dele, o time começou a apresentar um futebol seguro e convincente similar ao do ano passado, quando se tornou campeão brasileiro e estebeleceu o recorde de 23 partidas de invencibilidade.

O treinador disse ter gostado da atuação do Palmeiras, que bateu o adversário por 1 a 0, em Barueri, com gol de Felipe Pires. "O Palmeiras está evoluindo tecnicamente, com as mudanças que a gente vem fazendo e com o estilo que está se aproximando do normal que a gente sempre jogou. E acho que o que nós tínhamos de fazer aqui foi bem feito", explicou em entrevista coletiva.

O Palmeiras começou a campanha com um empate em 1 a 1 com o Red Bull, depois venceu o Botafogo por 1 a 0, São Caetano por 2 a 0 e o Oeste, também por 1 a 0. Nos primeiros jogos o técnico avaliou que não se poderia cobrar da equipe bom desempenho. Agora, Felipão se diz satisfeito e defendeu que apesar de só ter enfrentado times do interior, o Palmeiras foi convincente.

"Todos são iguais e todos merecem o respeito do Palmeiras, e o Palmeiras tem que jogar bem para vencer essa dificuldade", comentou. No próximo sábado, no Allianz Parque, a equipe terá pela frente o clássico com o Corinthians, às 17h. Já foram vendidos 33 mil ingressos antecipadamente.

Felipão evitou falar sobre o momento do rival. "Minha preocupação não é se o Corinthians vem de derrota. Minha preocupação é o Palmeiras. O Palmeiras venceu e conseguiu um número de pontos que lhe dá a possibilidade de classificação na chave em breve", explicou o treinador.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.