Felipão aprova sistema de 3 zagueiros

Quem pensou que o esquema 3-5-2, com três zagueiros, vinha sendo utilizado apenas para suprir as inúmeras deficiências na marcação, ou para tentar tirar o time da má fase, enganou-se. A tática, bastante usada na Europa, passa a ser, a partir de agora, a "oficial" da seleção brasileira, confirmou Luiz Felipe Scolari.Mesmo sem poder contar, na partida de segunda-feira, com Roque Júnior, o técnico vai manter os três defensores. No lugar do jogador do Milan deverá entrar Luizão, do Cruzeiro. Roger também tem chances. "Acertamos nossa defesa e, por isso, não vamos mudar", justificou Felipão.Com a suspensão de Roque Júnior, expulso contra o Paraguai, o treinador poderia abrir mão do 3-5-2, afinal, o jogador é o pilar desse esquema. Ele atua como um líbero, saindo para o jogo e com liberdade para tentar o gol em escanteios ou faltas. A substituição de Roque por outro zagueiro é a prova de que Felipão adotou mesmo o sistema de jogo, que deve ser utilizado até a Copa do Mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.