Andy Rain/EFE
Andy Rain/EFE

Felipão chama seleção 'cheia de mudanças' para amistosos na próxima terça

Treinador não ficou satisfeito com desempenho diante da Inglaterra e já promete renovar grupo

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2013 | 14h45

RIO - A CBF anunciou nesta quinta-feira que o técnico Luiz Felipe Scolari vai convocar a seleção brasileira na próxima terça-feira, às 15 horas, em um hotel do Rio, para os próximos amistosos da equipe, que serão disputados no mês de março, diante de Itália e Rússia. Os dois jogos serão os primeiros compromissos da seleção brasileira desde a reestreia de Felipão no comando da equipe, em fevereiro, quando a equipe perdeu para a Inglaterra por 2 a 1, em amistoso disputado no Estádio de Wembley.

O duelo com a seleção da Itália será disputado no Estádio de Genebra, na Suíça, em 31 de março, às 16h30 (horário de Brasília). Quatro dias depois, o Brasil volta a entrar em campo para encarar a Rússia no Stamford Bridge, em Londres.

Nesta semana, durante evento em Portugal, Felipão surpreendeu ao declarar que pretendia "mudar bastante" a seleção brasileira para os próximos compromissos. Ao contrário do que havia dito na sequência da derrota para a Inglaterra, o técnico afirmou que não gostou muito do desempenho do time em sua estreia no comando e, por isso, planejava fazer alterações.

Na sua primeira convocação à frente da seleção brasileira, Felipão resgatou jogadores veteranos que não vinham sendo lembrados, como Julio Cesar e Ronaldinho Gaúcho, fez apostas em jogadores que não eram aproveitados por Mano Menezes, casos de Filipe Luis, Hernanes e Dante, mas manteve jogadores que faziam parte da base do treinador, incluindo Neymar, David Luiz e Daniel Alves. Agora, com a recente declaração, fica a expectativa para saber quais serão as novidades da lista de convocados para defender o Brasil diante de italianos e russos.

Em preparação para a Copa das Confederações neste ano e a Copa do Mundo de 2014, o Brasil já tem outros compromissos agendados após os jogos de março. Em 24 de abril, o amistoso será com o Chile, no Mineirão. Depois, porém, a seleção voltará a campo apenas em junho, diante da Inglaterra, no dia 2, no Maracanã, e da França, no dia 9, na Arena Grêmio. A estreia na Copa das Confederações será em 15 de junho, quando enfrentará o Japão em Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.