Felipão completa convocação nesta 3ª

Em meio a descrença dos torcedores e uma série de problemas para liberar os jogadores "estrangeiros", o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, convoca nesta terça-feira nove atletas que atuam no Brasil, para fechar o grupo de 22, que enfrenta o Panamá, em amistoso, no dia 9, e o Paraguai, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2002, dia 15."Eles (os dirigentes europeus) serão obrigados a liberar seus jogadores", disse o coordenador-técnico da seleção, Antônio Lopes.O principal problema de Scolari é o fato de que clubes espanhóis e alemães se recusam a liberar seus atletas antecipadamente. A programação da seleção prevê a apresentação dos atletas para o dia 7, em Curitiba, onde a equipe ficará concentrada no Centro de Treinamentos do Atlético-PR.Lopes procurou minimizar o problema hoje na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), assegurando que "se entre duas partidas houver um espaço de tempo de, no máximo, oito dias, os jogadores são obrigados a se apresentar". Apesar da afirmativa do coordenador, o Bayer de Munique não liberou o atacante Elber, para a disputa da Copa América, e Scolari foi obrigado a desconvocar o jogador. "Os clubes que não quiserem ceder seus jogadores poderão ser multados. E os atletas não liberados podem ser proibidos de atuar por suas equipes", ameaçou Lopes.Já foram convocados os "estrangeiros": Dida (Milan), Cafu (Roma), Lúcio (Bayern Leverkusen), Roque Júnior (Milan), Roberto Carlos (Real Madrid), Júnior (Parma), Vampeta (PSG), Eduardo Costa (Bordeaux), Alex (Parma), Rivaldo (Barcelona), Denílson (Betis), Elber (Bayer de Munique) e Marcelinho Paraíba (Hertha Berlin).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.