Felipão confirma folga e seleção volta a treinar na 2ª

A seleção brasileira terá o domingo de descanso após a classificação para as quartas de final da Copa do Mundo, assegurada com a vitória por 3 a 2 sobre o Chile na disputa de pênaltis, depois de empate por 1 a 1, no estádio do Mineirão. A confirmação da folga foi dada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, neste sábado, em Belo Horizonte.

LEANDRO SILVEIRA, Agência Estado

28 de junho de 2014 | 19h42

Ao contrário do que aconteceu após a vitória por 4 a 1 sobre Camarões, os jogadores não precisarão ficar na Granja Comary e só vão se apresentar na Base Aérea do Galeão, no Rio, na segunda-feira. De lá, eles vão seguir para Teresópolis (RJ), onde iniciarão a preparação para o próximo compromisso no Mundial.

"Vamos recuperar os jogadores dando a folga hoje (sábado) à noite e amanhã (domingo) o dia todo", disse Felipão, que também sugeriu, em tom de brincadeira, aos jornalistas que cobrem a seleção para tirarem o domingo de folga. "Vocês também. Aproveitem a folga em suas casas e nos vemos na segunda-feira", completou.

O comentário de Felipão tem uma razão além de divertir os que acompanhavam a sua entrevista coletiva. Com os jogadores livres para irem onde desejarem neste domingo, o treinador está preocupado com a exposição que eles podem ter em um momento de afunilamento da Copa.

Na segunda, então, a seleção começa a se preparar para o duelo contra a Colômbia, na próxima sexta, em Fortaleza, na Arena Castelão, pelas quartas de final. O volante Luiz Gustavo, suspenso pelo segundo cartão amarelo, vai desfalcar o Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolBrasilFelipão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.