Divulgação/ESPN
Divulgação/ESPN

Felipão confirma oferta da seleção da Colômbia e diz que 'precisa pensar'

Treinador afirma que já passou muito tempo fora do Brasil e que sua identificação com o Palmeiras pode pesar na decisão

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

03 Dezembro 2018 | 15h48

Campeão brasileiro à frente do Palmeiras, o técnico Luiz Felipe Scolari afirmou nesta segunda-feira que tem uma proposta para assumir a seleção da Colômbia e "precisa pensar" sobre o seu futuro. O treinador palmeirense fez a declaração na cerimônia de premiação do troféu Bola de Prata, concedido pela ESPN Brasil aos melhores do Campeonato Brasileiro. Ele foi premiado como o melhor técnico do torneio.

"Tenho convite, sim, mas é um assunto que, agora, quando termina o campeonato, a gente vai pensar com muita clareza. Nos últimos 20, 25 anos, devo ter passado 80% do tempo fora do Brasil. Tem o aspecto da minha família e também outra família, que é a família palmeirense", disse o técnico.

Felipão indicou que o apoio recebido da torcida do Palmeiras desde que fez seu retorno ao clube terá grande peso em sua futura decisão. "A forma como me tratam e como me receberam, essa identificação entre os palmeirenses e minha pessoa. Tenho que pensar. Tenho que saber que estar num lugar onde sou muito bem reconhecido muitas vezes vale mais do que valores ou outras situações", explicou.

O técnico chegou a ser homenageado pela torcida em um mosaico no Allianz Parque antes do triunfo por 3 a 2 sobre o Vitória, neste domingo, pela rodada final do Brasileirão. "A homenagem te faz pensar um pouco diferente de algo que tenhas preparado, de situações que podem acontecer na tua vida. Você vê que está em um clube que te recebe de braços abertos, que é uma casa para ti, onde tens identidade", completou Felipão, que tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2020.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.