Daniel Jayo/AP
Daniel Jayo/AP

Felipão critica atuação do Palmeiras e faz alerta: 'Vamos continuar pagando caro'

Técnico afirma que time jogou mal contra o San Lorenzo e lamenta falta de postura ofensiva

Redação, O Estado de S. Paulo

03 de abril de 2019 | 04h30

O técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, criticou bastante a atuação do time na derrota por 1 a 0 para o San Lorenzo, nesta terça-feira, pela Copa Libertadores, em Buenos Aires. Para o treinador, a equipe alviverde foi punida com o resultado negativo por não ter sido obediente e pela falta de produtividade no ataque, que só conseguiu uma finalização perigosa.

A derrota fez o Palmeiras perder a liderança do grupo F para o próprio San Lorenzo. "Precisamos ter atenção desde o início do jogo. Pagamos caro por isso e vamos continuar pagando caro. Não tivemos obediência em todos os lances do princípio ao fim da partida", disse. O San Lorenzo chegou à vitória com um gol de Herrera, ao seis minutos do segundo tempo.

"Não fizemos um jogo normal. Isso nos custou caro. Faltou profundidade, trabalhar bem essa bola do meio para a frente. Não foi o Palmeiras que eu gosto, não", resumiu. Felipão cobrou melhora do time, principalmente no setor ofensivo. O treinador afirma ser mais necessário finalizar a gol e criticou o excesso de passes laterais sem objetividade.

A derrota foi a segunda do time no ano. A outra foi para o Corinthians, também por 1 a 0, pelo Campeonato Paulista. "Temos de ter volúpia e vontade de fazer o gol. Não tivemos. Mas também foi por mérito da equipe adversária, que se posicionou bem", comentou Felipão. O próximo compromisso do Palmeiras pela Libertadores será na próxima semana, dia 10, contra o Junior Barranquilla, no Allianz Parque.

Um outro alvo da irritação do técnico foi o atacante Deyverson, que na opinião dele pecou no posicionamento. "Não cumpriu a função eu queria. Não queria que ele viesse marcar com os volantes. Quem tem de marcar é o volante. Ele é atacante, tem de ir ao espaço do meio para se posicionar e receber. Se for assim, eu colocou um outro volante em vez de centroavante", avaliou. 

O próximo compromisso do Palmeiras será receber no domingo o São Paulo, pela partida de volta da semifinal do Campeonato Paulista. Na ida, no estádio do Morumbi, os dois times empataram sem gols. O clube já vendeu 34 mil ingressos antecipados para o clássico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.