Anvar Ilyasov/AP
Anvar Ilyasov/AP

Felipão deixa time no Usbequistão, mas só definirá futuro após a Copa

Treinador brasileiro comentará o Mundial numa TV da África do Sul e aguardará pelo futuro escolar do filho para decidir em que clube trabalhar

28 de maio de 2010 | 10h15

O técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari deixou nesta sexta-feira o Bunyodkor, time que treinava no futebol do Usbequistão. O treinador afirmou que tem algumas propostas [uma do Palmeiras], mas que só definirá seu futuro depois da Copa do Mundo.

 

Felipão retornará para Portugal. Depois comentará a Copa por uma emissora de televisão da África do Sul. "Estarei com o tempo necessário para definir uma situação de estudo do meu filho na Europa. Definindo um país ou um lugar onde ele possa começar seus estudos na universidade", explicou.

 

O filho de Felipão, Fabrício, tenta entrar numa universidade em Portugal. Se ele conseguir, o treinador deve continuar na Europa. Do contrário, ele analisará propostas para definir em que clube trabalhará após a Copa.

 

"Acho que no final de julho em diante eu posso pensar em alguma coisa na medida em que evoluírem os contatos com A, B ou C. Mas no momento é Portugal, família, Fabrício e África para comentar alguns jogos no Mundial", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.