Felipão desmente boatos e diz que quer ficar em Portugal

Ao seu melhor estilo, o treinador brasileiro Luiz Felipe Scolari desmentiu, nesta quarta-feira, os boatos de que dirigirá a seleção da Inglaterra após a Copa do Mundo, na Alemanha. Após assistir ao sorteio da fase final da Euro Sub-21, que acontecerá em Portugal ainda neste ano, Felipão assegurou que deseja seguir como técnico da seleção portuguesa. ?Qualquer treinador responderia sim (a um possível convite inglês). Mas já recusei ofertas de muitos clubes importantes e já disse 180 vezes que estou muito bem em Portugal. Minha família está encantada com o país, eu adoro as cidades e o povo, e por isso não vejo razões para não continuar?, disse o treinador, que tem contrato até o final do Mundial. Sobre a declaração, dada à BBC no último final de semana, que só faltaria aprender inglês para poder comandar a seleção da Inglaterra, Felipão afirmou que não entendeu os motivos de tanta especulação sobre o assunto. ?Optei pela continuidade em Portugal depois da Eurocopa e também posso fazer o mesmo agora. Disse que queria aprender inglês, como também desejo aprender outros idiomas, para me tornar uma pessoa mais culta. Não vejo problema nisso e nem entendo as críticas?, contou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.