Felipão deve ficar sem Rivaldo

O técnico Luiz Felipe Scolari deve ter uma surpresa desagradável na apresentação da seleção brasileira, nesta terça-feira, em Curitiba: Rivaldo não foi autorizado a viajar pelo Barcelona e deve desfalcar o time no amistoso de quinta-feira, contra o Panamá. O coordenador-técnico Antonio Lopes prometeu que a CBF "jogará pesado" com os clubes que não liberarem os atletas. "Vamos enviar à Fifa um relatório, pedindo a punição aos clubes."Antonio Lopes conversou na tarde desta segunda-feira, por telefone, com Rivaldo. O jogador explicou que o clube está lhe impedindo de vir ao Brasil por ter, supostamente, um documento da Fifa que o autorizaria a manter o atleta à sua disposição até 5 dias antes da partida contra o Paraguai, no dia 15. "A CBF não recebeu nada disso e eu disse ao Rivaldo que ele deveria estar amanhã, às 11 horas, em Curitiba", avisou o coordenador da seleção. "A CBF não libera ninguém, todos vão ter de se apresentar."O coordenador deixou claro também que a comissão técnica não pretende desconvocar qualquer atleta que não se apresente nesta terça-feira. Senão, estaria dando o aval para que eles pudessem atuar por seus clubes. "Eu conversei várias vezes com o Rivaldo. Ele está doido para vir e jogar", garantiu Antonio Lopes.O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, esteve no prédio da entidade à tarde, mas saiu pouco depois e não deu nenhuma declaração sobre o problema com Rivaldo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.