Arquivo/AE
Arquivo/AE

Felipão diz que clássico com São Paulo não é decisivo

Técnico do Palmeiras minimiza confronto em Presidente Prudente

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2012 | 14h31

O técnico Luiz Felipe Scolari tentou minimizar a importância do clássico entre Palmeiras e São Paulo, que será disputado neste domingo, em Presidente Prudente, válido pela décima rodada do Campeonato Paulista Para ele, o duelo não será decisivo, apesar da distância entre os times na classificação do estadual ser de apenas três pontos.

Após a nona rodada, o Palmeiras está em terceiro lugar, com 21 pontos, enquanto o São Paulo é o quinto, com 18. "O que vai mudar? Nada. É claro que queremos vencer, mas uma derrota ou uma vitória vai mudar pouco na tabela. O importante é permanecermos no bolo e terminarmos entre os quatro primeiros", apontou Felipão.

Questionado sobre favoritismo para o clássico, Felipão avaliou que o Palmeiras está em momento melhor que o São Paulo. "Quem está na frente? O Palmeiras? Então estamos em vantagem. Mas só pelos números. Quem está na frente, está sempre em vantagem. De resto, será como um clássico: equilibrado e disputado", disse.

Felipão espera ter o retorno de Valdivia diante do São Paulo. A situação do chileno deve ser definida nesta sexta-feira. "Deveremos ter uma ideia sobre o Valdivia no treino desta sexta-feira. Vamos conversar com ele, médicos e comissão técnica para definir".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.