Felipão diz que Cristiano Ronaldo é dúvida contra ingleses

Fiel ao seu estilo, o treinador da seleção de Portugal, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, resolveu adotar a tática do mistério para a partida contra a Inglaterra, neste sábado, em Gelsenkirchen, pelas quartas-de-final da Copa do Mundo. Para começar, Felipão não quis adiantar se o atacante Cristiano Ronaldo, que não participou do treino desta sexta-feira, vai jogar. Com uma lesão na coxa direita, o jogador fez exercícios separadamente do resto do grupo. "Se Ronaldo não estiver 100% recuperado, não é provável que Scolari conte com ele", comentou o porta-voz da seleção portuguesa, Afonso Melo.Além disso, Felipão não revelou os substitutos do meia Deco e do volante Costinha, suspensos por terem sido expulsos contra a Holanda. O mais provável é que Simão Sabrosa entre no lugar do jogador do Barcelona e Petit faça o papel de principal marcador à frente da zaga portuguesa.Com relação ao jogo contra os ingleses, o terceiro de Felipão desde 2002 - vitórias no Mundial da Coréia do Sul e Japão, pelo Brasil, e na Eurocopa/2004, já por Portugal -, o treinador espera um confronto bem diferente do que foi contra a Holanda. "Espero um jogo com lealdade e bem disputado. Quero que as torcidas se confraternizem também", disse o brasileiro.Caso elimine a Inglaterra e chegue às semifinais, Felipão terá cumprido a promessa que fez antes da Copa de colocar Portugal entre os quatro melhores times do mundo. "Se isso acontecer, será um dos três maiores feitos da minha vida. Os outros dois não são necessariamente ligados ao futebol", contou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.