Kimisama/EFE
Kimisama/EFE

Felipão diz que Guangzhou pode surpreender no Mundial

Chineses estreiam no torneio contra o América-MEX, neste domingo

Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2015 | 10h53

Prestes a estrear no Mundial de Clubes da Fifa, Luiz Felipe Scolari acredita que o Guangzhou Evergrande tem todas as condições de surpreender os favoritos no Japão. O time chinês fará sua estreia nesta domingo, contra o mexicano América. O vencedor vai enfrentar o poderoso Barcelona na semifinal.

"Estou ciente de que será difícil, mas depois de vencermos o Campeonato Chinês e a Liga dos Campeões da Ásia, podemos ficar confiantes. Sei que podemos passar pelo primeiro adversário", afirmou Felipão, neste sábado.

O treinador brasileiro aposta que o Guangzhou deve terminar o Mundial em posição superior a de 2013, quando a equipe era comandada pelo italiano Marcello Lippi. Naquela edição, o time chinês terminou em quarto lugar. "o Guangzhou deve terminar em posição acima da obtida da última vez. Este é o nosso objetivo. Vamos dar tudo nesta competição."

O retrospecto de Felipão deixa a torcida chinesa otimista. Desde que assumiu o time, em junho deste ano, o time venceu ou empatou 18 dos 23 jogos que disputou, tanto na competição nacional quanto na Liga dos Campeões.

No Japão, onde Felipão tem boas recordações, em razão do título mundial de 2002, o Guangzhou conta com brasileiros também dentro de campo. As maiores esperanças são Ricardo Goulart, Paulinho (ex-Corinthians) e Robinho (ex-Santos), além de Elkeson, com passagem pelo Botafogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.