Felipão diz que não tem problemas com Drogba

O técnico Luiz Felipe Scolari disse nesta sexta-feira que não tem nenhum problema pessoal com o atacante Didier Drogba, e que a opção de deixá-lo no banco de reservas na última quarta-feira, no jogo contra o Southend, pela Copa da Inglaterra, foi uma simples opção técnica."Drogba é uma opção do elenco, mas a escolha é minha e só posso escalar 11, mas ele treinou normalmente nos últimos dois dias. Posso escolher entre ele e Anelka, e escolhi Anelka", afirmou o treinador sobre o francês, que foi titular na vitória por 4 a 1 sobre o time da terceira divisão inglesa - três dias depois da estrondosa derrota por 3 a 0 para o Manchester United, que aumentou a pressão sobre o treinador.Desde a saída de José Mourinho, do Chelsea, a imprensa britânica fala sobre problemas de ambiente de Drogba no clube e de uma possível transferência, que até agora não se concretizou. A decisão de Felipão fez com que o marfinense se transformasse em bode expiatório pela derrota para o Manchester, na visão dos críticos. Questionado sobre quem será o titular no jogo deste sábado, contra o Stoke City, Felipão respondeu secamente: "Comprem o ingresso e vocês vão ver".Depois, ao ser perguntado sobre a possível contratação de Kaká pelo Manchester City, Felipão disse que não acredita que o meia vá deixar o Milan apenas por dinheiro. "Eu o conheço bem e sei que dinheiro não é problema para ele, talvez ele se sinta motivado se lhe oferecerem outros desafios", apontou. Disse ainda que não tem nenhuma inveja dos cofres cheios do City. "Não vamos precisar de ninguém até junho, a não ser que alguém se machuque."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.