Felipão diz que Pato não é craque e torce pela volta de Ronaldo

Treinador brasileiro também comenta sobre má fase vivida pelo meia Ronaldinho Gaúcho, no Barcelona

Wilson Baldini Jr., O Estado de S. Paulo

02 de abril de 2008 | 18h07

Vivendo a expectativa da Eurocopa - que disputará pela seleção de Portugal -, o técnico brasileiro, Luiz Felipe Scolari, concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, em São Paulo, e falou sobre vários assuntos. Como esperado, o técnico da seleção portuguesa foi questionado sobre jogadores brasileiros, como Alexandre Pato, do Milan, e Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona. Sobre Pato, Felipão pediu calma, uma vez que o ex-jogador do Internacional, para ele, ainda não é um craque. "O Alexandre Pato ainda não é craque. Ele é um jogador muito bom, mas precisa de tempo, ganhar experiência."Já sobre Ronaldinho Gaúcho, Felipão não deixou claro, mas deu a entender que o jogador brasileiro vive uma má fase por causa de sua conduta fora de campo. "Existem detalhes que não posso definir. Eu não convivo com o grupo do Barcelona e não vivo o dia-a-dia do clube. Ele [Ronaldinho] ainda é jovem e tem muito tempo pela frente, e acho que o auge de seu futebol não foi alcançado."RONALDOFã confesso de Ronaldo, do Milan, Felipão lamentou a nova lesão do jogador, que deve retornar ao futebol somente no final deste ano. "É triste ver esta nova lesão do Ronaldo. Ele é um jogador especial", disse Scolari, que completou. "Ele já não é jovem [Ronaldo tem 31 anos], e sua recuperação será bem mais difícil daquela antes da Copa [de 2002, quando Felipão insistiu na convocação do Fenômeno, que foi o destaque da conquista brasileira], mas eu ainda confio nele e torço pela sua recuperação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.