Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Felipão elogia atuação e mira mais recordes da defesa do Palmeiras

Técnico afirma que vai utilizar a série de partidas sem levar gol como incentivo para preparar o time

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

19 Agosto 2018 | 19h47

O Palmeiras nos últimos jogos tem comemorado tanto os gols como os feitos positivos da defesa. A equipe bateu o Vitória por 3 a 0 neste domingo, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro, e chegou à marca de sete partidas consecutivas sem levar gol. O técnico Luiz Felipe Scolari elogiou a sequência e afirma que mira novas recordes defensivos nos próximos jogos.

Desde 1992 o Palmeiras não passava sete partidas consecutivas sem ser vazado pelos adversários. Na entrevista coletiva em Salvador, Felipão comentou que se apega essas informações para incentivar os atletas a buscarem a manutenção do desempenho defensivo. "Isso é importante tanto para mim quanto para os jogadores, porque quando tenho números bons para fazer um elogio e mostrar, o pessoal pode se esforçar", afirmou.

O último gol sofrido pelo Palmeiras foi na derrota por 1 a 0 diante do Fluminense, no fim de julho, no Maracanã. A partida marcou a demissão do técnico Roger Machado. Desde então, a equipe se mostrou bastante estável no setor defensivo. Contra o Vitória, o goleiro Weverton chegou a ser acionado apenas no primeiro tempo.

Para Felipão, o segredo do setor defensivo se manter invicto não é só o trabalho com zagueiros. "É fruto de toda a equipe. O time marca em todos os setores, poiss atrapalha desde a saída de bola do adversário e isso aumenta a possilidade da defesa tirar a bola", disse. O Palmeiras tem agora a terceira melhor defesa do Campeonato Brasileiro, ao lado do Flamengo, com 15 gols marcados. 

"Não é só o zagueiro jogar bem ou o lateral ter cobertura. São atacantes marcando, volantes espetaculares na marcação, como é o Thiago Santos. É um sistema todo, que tem sido aprovado", afirmou o treinador. "Vamos ver se temos outros recordes para continuar quebrando, principalmente em termos defensivos. Vamos tentar não tomar gol contra o Botafogo também", disse.

Se chegar à marca de oito partidas seguidas sem levar gol, o Palmeiras vai igualar uma sequência obtida entre agosto e setembro de 1965. A maior série da história do clube é de 12 compromissos, alcançada de abril a maio de 1987.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.