Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Felipão elogia Palmeiras, poupa ataque e lamenta empate no 1º jogo da semifinal

O técnico disse não estar preocupado com a sequência de três jogos sem gols

Dani Arruda, especial para o Estado, Estadao Conteudo

07 de abril de 2019 | 20h10

O técnico Luiz Felipe Scolari elogiou a atuação dos jogadores do Palmeiras após a eliminação para o São Paulo, no Allianz Parque, pela semifinal do Campeonato Paulista.

Na visão do treinador, o time alviverde desperdiçou a chance de ter saído do primeiro jogo no Morumbi (empate por 0 a 0) com a vitória, o que traria mais tranquilidade à equipe no segundo confronto.

"Tivemos a chance lá. Tivemos a penalidade (anulada pelo árbitro de vídeo). Perdemos a chance de sairmos vitoriosos de lá. Não estou nem um pouco triste com o jogo de hoje. Gostei muito da equipe. Nos primeiros noventa minutos tínhamos que ter feito o que era pra fazer. Nada tenho a cobrar. Se tivesse que cobrar teria que ter cobrado na Argentina, onde não jogamos bem. Não saio triste", disse Felipão.

Somando os dois empates sem gols com o São Paulo pelo Campeonato Paulista e a derrota (1 a 0) para o San Lorenzo, pela Copa Libertadores, o Palmeiras chegou ao terceiro jogo consecutivo sem balançar as redes. A marca negativa não incomoda o treinador, que tem gostado das chances criadas pelo time.

"Não preocupa não. Não funcionaram porque a defesa adversária foi muito boa. Em um confronto igual tivemos possibilidades muito boas. O adversário não teve as chances vivas de gols que nós temos. Estou satisfeito. Não foi o suficiente, mas estou satisfeito", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.