Elvis Gonzalez/Efe
Elvis Gonzalez/Efe

Felipão escapa de ser suspenso pelo STJD e leva apenas advertência

Julgado por expulsão em clássico, técnico do Palmeiras está liberado para voltar a dirigir o time pelo Brasileiro

O Estado de S. Paulo

21 Setembro 2018 | 18h12

O técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, está livre para voltar a comandar a equipe no domingo, contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou o treinador pela expulsão no clássico contra o Corinthians, no dia 9, e optou por aplicar apenas uma advertência, e não uma sanção mais longa.

Felipão havia sido denunciado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de conduta contrária à disciplina. O treinador foi expulso aos 32 minutos do segundo tempo por ter xingado o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima que registrou na súmula as ofensas. A pena variava de um até seis jogos.

Como na partida seguinte, contra o Bahia, em Salvador, o treinador não ficou à beira do gramado e deixou a função com o auxiliar Paulo Turra, Felipão já cumpriu a punição e está liberado para voltar a dirigir o Palmeiras em jogos do Campeonato Brasileiro. O retorno será no domingo, diante do Sport, na Ilha do Retiro, às 16 horas.

A expulsão de Felipão, assim como outros lances polêmicas do clássico, motivaram a diretoria do Palmeiras a redigir um relatório sobre a atuação da arbitragem no clássico. A diretoria reclamou de situações em que se considerou prejudicada. O material foi entregue à CBF.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.