Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Felipão estreia no Mineirão e Cruzeiro tenta sair da zona de rebaixamento

Sofrendo na Série B, a equipe mineira espera evitar terminar o primeiro turno entre os quatro últimos colocados

Redação, Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2020 | 07h29

O Cruzeiro acumulou grandes glórias de sua história no Mineirão. Nesta sexta-feira, às 21h30, Luiz Felipe Scolari estreia no comando do time no estádio buscando sua primeira "conquista" nesse retorno ao clube. Diante do Paraná, vitória significa dormir fora da zona de rebaixamento da Série B e possibilidade de fechar o turno "aliviado". O time falhou na missão de fugir da zona da degola diante do Náutico, empatando apenas no fim, e espera não repetir o erro na segunda chance.

Não será uma tarefa fácil. O Paraná faz boa campanha e, na quinta colocação, luta para entrar no bloco de acesso. Para isso, também necessita de um triunfo no Mineirão.

Felipão terá dois importantes reforços para o jogo. O lateral-direito paraguaio Cáceres, recuperado de lesão no joelho, e o zagueiro e capitão Manoel, livre da covid-19, estão à disposição do treinador.

Giovanni, destaque do acesso do Coritiba em 2019, foi confirmado oficialmente nesta quinta-feira, após o Cruzeiro ser liberado pela Fifa para contratar. O meia aguarda liberação para fazer estreia. Ele já treina há mais de um mês no clube. Por outro lado, Felipão não contará com o lateral-esquerdo Matheus Pereira e o atacante Arthur Kaike, que se machucaram no Recife.

"O Paraná vem bem no campeonato, é uma ótima equipe, mas, independentemente da situação que eles vivem e da nossa, o Cruzeiro é uma grande equipe", avalia Patric Breu, substituto de Matheus Pereira na ala esquerda. "Temos grandes jogadores e vamos conseguir sair com a vitória e com os três pontos, para cada vez mais nos distanciarmos da parte lá de baixo", declarou.

Embalado por goleada sobre o Oeste, o Paraná quer surpreender no Mineirão para dormir no G-4. O técnico Allan Aal não terá o lateral-esquerdo Jean Victor pela primeira vez na temporada e o atacante Bruno Gomes, autor de dois gols na goleada sobre os paulistas. Ambos estão suspensos.

Juninho é o escolhido para a lateral. Já no ataque deve entrar Léo Castro. Até um empate serve pelo G4 ao Paraná, mas teria de torcer por derrota do Juventude e empates da Ponte Preta e do CRB no complemento da última rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.