Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Felipão exalta vitória gremista, mas avisa: 'Não nos dá segurança'

Tricolor está a um empate, em casa, de ir à decisão do Gaúcho

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2015 | 09h45

O Grêmio largou em vantagem nas semifinais do Campeonato Gaúcho. Mesmo em Caxias do Sul, venceu o Juventude por 1 a 0 no último domingo e está a um empate na volta, em casa, de ir à decisão. Mas o técnico Luiz Felipe Scolari não se deslumbra com a vantagem e usa um exemplo envolvendo o próprio time tricolor para alertar seus jogadores.

"O que posso falar é que em 2008 o Grêmio veio aqui e venceu e depois foi vencido no Olímpico. Não vamos esquecer que são dois jogos, vencemos apenas 90 minutos. Não nos dá segurança. Fomos uma equipe com solidariedade, os jogadores se dedicaram. Respeitamos, e muito, o Juventude para o segundo jogo", declarou.

No caso citado, o Grêmio venceu por 2 a 1 em Caxias, mas depois acabou batido por 3 a 2 no Olímpico. Para evitar que isso aconteça de novo, Felipão já tem a receita em mente e pretende testá-la no duelo da Copa do Brasil diante do Campinense, quarta-feira, em Porto Alegre.

"Temos uma ideia de como joga o Juventude, como eles se comportam para terem o resultado positivo. Temos que cometer menos faltas e dar menos oportunidade de que a bola seja levantada na área. Eles tem uma estatura muito boa. Vamos precisar aproveitar as oportunidades. Contra o Campinense, devemos jogar desta forma", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.