Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Felipão lamenta as chances perdidas pelo Grêmio em sua arena

Treinador fica na bronca com os gols perdidos no 0 a 0 diante do Santos em Porto Alegre que custaram a volta ao G-4 do Brasileirão

Estadão Conteúdo

19 Setembro 2014 | 09h38

Luiz Felipe Scolari atribuiu o empate sem gols do Grêmio com o Santos, na noite de quinta-feira, às falhas nas finalizações do time gaúcho. Na avaliação de Felipão, os anfitriões souberam criar boas chances, mas falharam ao desperdiçar chances seguidas no ataque.

"Tivemos ao menos quatro ou cinco chances. E tivemos um lance de dúvida, que poderia ser pênalti. Não tem como afirmar se foi", lamentou o técnico. "Os jogadores deram conta do recado, só não fizemos o gol. Foi justo porque não fizemos. Pelas chances, se alguém tinha que ter o resultado éramos nós. Mas não se não finalizamos com qualidade, não adianta reclamar."

Felipão, contudo, admitiu que o bom desempenho do goleiro santista contribuiu para o empate sem gols. "O Aranha teve uma noite muito boa, o menino [Lucas] teve a infelicidade em uma bola. Outra deu no poste, e outra ele ficou sozinho e tentou colocar em vez de bater com força", comentou. 

Insatisfeito com o ataque, o técnico não poupou elogios à defesa gremista. "O que temos a enaltecer é o posicionamento no aspecto defensivo foi muito bom. Mas é claro que temos que melhorar. Temos que pontuar, fazer mais gols", cobrou.

Apesar do empate na Arena Grêmio, o time gaúcho se manteve na cola do G4 do Brasileirão. Soma 36 pontos, contra 37 do Corinthians, primeira equipe dentro da zona de classificação da Copa Libertadores.

Mais conteúdo sobre:
futebol Grêmio Felipão brasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.