Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Felipão lamenta posição do Palmeiras: 'A gente ganha e não sai de sexto'

Técnico do time afirma que como concorrentes diretos têm vencido as partidas, equipe não consegue subir na tabela

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

20 Agosto 2018 | 11h00

O bom resultado obtido em Salvador, neste domingo, não deixou o técnico Luiz Felipe Scolari totalmente satisfeito com o Palmeiras. Após os 3 a 0 no Vitória, pelo Campeonato Brasileiro, o treinador lamentou em entrevista coletiva que o placar não foi suficiente para fazer o time ganhar posições, pois outros adversários diretos também conseguiram ganhar.

"A gente ganha, ganha e ganha e não sai do sexto lugar. Os outros também estão gahando. É uma competição muito igual, e os demais também estão bem. Vamos tentar fazer o possível para nos mantermos na parte de cima", afirmou o treinador. A equipe alviverde chegou aos 33 pontos e continua três atrás do quarto colocado, o Grêmio, porém abriu uma vantagem para quem está logo atrás. O sétimo lugar é o Corinthians, com 26 pontos.

O treinador afirmou que não vai priorizar nenhuma competição neste segundo semestre, mesmo com o Campeonato Brasileiro em situação bastante equilibrada. "Vamos tentar disputar também as outras competições. Em alguns determinados jogos os atletas serão poupados, porque preciso rodar a equipe. Tenho dados que dão condição de fazer isso", disse.

Mesmo com sete jogos sem tomar gol, Felipão afirmou ser necessário ter o equilíbrio para em caso de tropeço no futuro, não se desanimar. "Ficamos satisfeito com as vitórias, mas também vamos ter dificuldades. Agora está tudo bem, mas vamos enfrentar dificuldades em jogos futuros e precisamos do mesmo ambiente. Retornar ao Palmeiras, um clube que eu adoro, que eu amo e vivi muito na minha vida foi ótimo", comentou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.