Felipão leva psicóloga para Portugal

Portugal terá mais uma arma para a partida amistosa que disputará contra o Brasil, dia 29, na cidade do Porto. O técnico da seleção portuguesa, Luís Felipe Scolari, contratou uma psicóloga brasileira para ajudar sua equipe a conseguir melhores resultados em campo. Regina Brandão foi escolhida por Felipão para montar um perfil psicológico dos jogadores para que o técnico possa aproveitar melhor cada um deles. As informações foram divulgadas hoje por jornais portugueses e outros da Europa, que, de forma irônica, apresentam a nova contratada como mais um novidade que Felipão traz do Brasil para a Europa. Felipão anunciou a chegada de Brandão no mesmo dia em que convocou sua seleção para a partida contra o Brasil. "Trabalho com ela há dez anos", afirmou o técnico em uma conferência de imprensa no Porto. A psicóloga estará com a equipe portuguesa nos próximos sete dias para, na avaliação de Felipão, ajudar a equipe a "errar menos". O técnico brasileiro tem sofrido forte pressão para preparar sua equipe para disputar a Euro Copa, que ocorre em Portugal em 2004. Em sua primeira partida à frente dos portugueses, Felipão sofreu uma derrota contra a Itália e os críticos não o pouparam. Pelas declarações do brasileiro à imprensa portuguesa, tudo indica que o técnico está apostando na mesma estratégia que adotou quando dirigiu a seleção brasileira: criar uma grupo unido de jogadores que possa superar dificuldades quando estiver sendo pressionado por resultados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.