Felipão minimiza derrota e valoriza "estar entre os quatro"

Luiz Felipe Scolari minimizou a derrota da seleção portuguesa para a Alemanha, neste sábado, na disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo. Para o técnico brasileiro, seu time produziu mais que o esperado no Mundial. "Me sinto muito satisfeito pela forma com que as coisas aconteceram em geral. Ao fim, ainda que tenhamos terminado com uma derrota, estamos entre as quatro melhores equipes do mundo", comemorou Felipão. Segundo o treinador, a derrota de 3 a 1 foi justa. "Nos faltou efetividade na frente do gol adversário. Nos faltou qualidade e precisão nos nossos chutes. Tivemos algumas oportunidades, mas não as aproveitamos como eles [os alemães] fizeram", analisou.FuturoNo vestiário, Felipão falou em tom de despedida da seleção. ?Foram três anos e meio de um trabalho muito bem feito, com uma equipe maravilhosa, que se tornou uma família?, disse o treinador brasileiro. ?Não tenho pressa de definir meu futuro. Vai depender também se o presidente vai continuar?, disse Felipão, referindo-se a Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa. Felipão afirmou que está bastante contente com tudo que obteve à frente da seleção. ?Fomos vice da Europa, ficamos invictos nas Eliminatórias e terminamos em quarto no Mundial.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.