Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Felipão minimiza invencibilidade de 20 jogos e diz: 'Só coroa se formos campeões'

Técnico ainda não foi derrotado pelo Palmeiras no Brasileirão

O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2018 | 21h38

Com o empate por 1 a 1 diante do Paraná, neste domingo, em Londrina, pela 35ª rodada, o Palmeiras chegou a 20 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, um recorde desde que a competição passou a ser disputada pelo sistema de pontos corridos, em 2003.

A última derrota aconteceu no dia 25 de julho, para o Fluminense, no Maracanã, resultado que gerou a demissão do ex-treinador Roger Machado. Para o treinador, esses números são expressivos, mas de nada valerão se o time perder o título nacional.

"Só coroa se formos campeões. Se não for campeão, não adianta nada. Podem ser 20, 21, 22, tem de ganhar e ser campeão. É isso que as pessoas podem não entender, dizendo que não é o correto, que jogar bonito é bom. Mas, se não vencer o campeonato, não adianta manter ou ter uma marca história. A história vai ser se ganharmos o campeonato", ressaltou o comandante.

Na rodada anterior do Brasileirão, o Palmeiras havia igualado o recorde de invencibilidade do Corinthians, que ficou 19 partidas seguidas sem perder na edição do ano passado da competição, na qual acabou se sagrando heptacampeonato nacional. Agora, com o empate em Londrina, superou a marca do arquirrival na era dos pontos corridos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.