Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Felipão não abre mão do atacante Fred

Treinador da seleção convoca jogador do Fluminense para dar confiança e mais ritmo a ele

Robson Morelli, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2014 | 19h13

SÃO PAULO - Felipão esperava apenas um sinal do próprio Fred para trazê-lo de volta à seleção brasileira. Como recebeu esse sinal nas últimas partidas do Fluminense, o treinador não teve dúvidas para listar o jogador na partida amistosa contra a África do Sul, em Johannesburgo, no Soccer City, dis 5 de março. Felipão não leva em consideração as 'caneladas' de Fred em seu retorno ao time, tampouco o fato de ele ter perdido pênalti no Cariocão. 

A amigos, Felipão demonstra a mesma afinidade com o atacante dos tempos da Copa das Confederações. Nada mudou. O treinador sabe também que Fred precisava desse voto de confiança, sobretudo porque desde sua contusão ano passado, muito se falou da possibilidade de a comissão técnica do Brasil correr atrás de um novo jogador para a posição. O próprio Felipão deixou isso nas entrelinhas, de modo a mexer com a cabeça dos que se colocam em condições de servir a seleção e do Fred.

Tardelli, do Atlético-MG, e Alan Kardec, do Palmeiras, tiveram seus nomes assoprados. Felipão sabe motivar jogadores. Ocorre que o treinador só apostará em alguma surpresa se, de fato, tiver problemas sérios com seus 'homens' de confiança, como Fred. Trazer o atacante do Fluminense para perto é uma estratégia do treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.