Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Felipão pede calma com euforia e defende estilo: 'Sempre fui de resultado'

Apesar de boa situação, técnico do Palmeiras prega cautela com próximas rodadas do Campeonato Brasileiro

O Estado de S. Paulo

15 de novembro de 2018 | 05h00

A proximidade do título do Campeonato Brasileiro não mexeu com a tranquilidade do técnico Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras. Em entrevista nesta quarta-feira, depois de bater o Fluminense por 3 a 0, no Allianz Parque, o treinador pediu para o elenco não se empolgar com a vantagem sobre os principais adversários, que têm mais quatro rodadas para tentar tirar o título da equipe alviverde.

O Palmeiras abriu nesta quarta-feira oito pontos de vantagem sobre o Inter, dez diante do Flamengo e 12 para o Grêmio. "São 12 pontos em disputa. Ao mesmo tempo em que o título está próximo, ele está longe. Temos que respeitar nossos adversários. Os jogadores sabem disso, e temos que continuar com os pés no chão", afirmou o técnico.

A equipe pode garantir o título já no próximo domingo, se vencer o Paraná, em Londrina, e os resultados desta quinta-feira contribuírem. Para isso, é necessário o Inter não vencer o América-MG, no Beira-Rio, e o Botafogo, no Rio, na quinta-feira. Já o Flamengo, só se manterá vivo na disputa se vencer os dois próximos compromissos, conta o Santos, no Maracanã, e o Sport, na Ilha do Retiro.

Felipão afirmou que a situação confortável do time é uma demonstração de que apesar das críticas sobre o futebol não ser vistoso, o Palmeiras tem demonstrado poder de decisão. "Nós tínhamos um projeto e estamos chegando lá. Se não estamos jogando de uma forma brilhante para alguns, estamos jogando de forma concreta para chegar no objetivo. Eu sempre fui treinador de resultado, nunca me escondi atrás de outra carapuça. Eu jogo pelo resultado", afirmou.

O time voltará a campo em Londrina, no estádio do Café, no próximo domingo, com várias mudanças na escalação. "Nós vamos trocar no mínimo cinco ou seis jogadores de novo", prometeu. Depois do Paraná, o Palmeiras vai enfrentar o América-MG, no Allianz Parque, o Vasco, no Rio de Janeiro, e encerra a campanha ao receber o Vitória, na arena.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.