Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Felipão pede tranquilidade e diz que Palmeiras pode reverter desvantagem

Técnico minimiza impacto de derrota por 1 a 0 e garante crer na reação do time contra o Cruzeiro, no Mineirão

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

13 Setembro 2018 | 11h00

O técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, disse na madrugada desta quinta-feira que a equipe manterá a tranquilidade e está confiante na chance de reverter o resultado contra o Cruzeiro. No dia 26, no Mineirão, o time alviverde precisará reagir depois de ter perdido no Allianz Parque por 1 a 0, pelo confronto de ida da semifinal da Copa do Brasil. O resultado necessário será uma vitória por dois gols de diferença.

"Temos chances de reverter. O gol fora não te dá mais classificação. Nesse momento, estamos perdendo. Se fizermos um gol lá, ficará igual. Temos boas possibilidades. O Cruzeiro está em melhores condições porque venceu, mas temos chances de irmos até lá e ganhar também", afirmou o treinador. Felipão não quis comentar a polêmica do fim do jogo, a anulação de um palmeirense por falta no goleiro Fábio.

O Palmeiras saiu atrás aos quatro minutos de partida, com gol de Barcos, e pressionou bastante o adversário, principalmente no fim. O Cruzeiro ficou com um a menos e ainda assim, manteve o resultado. "O time deles é muito organizado, sabe jogar fechado. Tivemos poucas chances de conseguir igualar o resultado e virarmos. Era preciso ter equilíbrio para vencer", disse Felipão, que considerou o resultado favorável.

Como nesta edição da Copa do Brasil o gol fora de casa não é mais critério de desempate, o treinador disse que é preciso ter inteligência para se adaptar à novidade. "Nós jogamos com o regulamento também. Comentamos antes do jogo que o gol qualificado não existe. Era preciso ter tranquilidade para o caso de tomarmos o gol, porque é possível ir atrás", disse. Nas quartas de final no ano passado, o Cruzeiro eliminou o Palmeiras justamente pelo critério de gols como visitante.

O elenco alviverde volta ao trabalho na tarde desta quinta-feira, na Academia de Futebol. O próximo compromisso da equipe é no domingo, diante do Bahia, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.