Felipão, por sorte, escapou da tsunami

O técnico da seleção portuguesa, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, escapou do maremoto que destruiu boa parte do litoral da Ásia. Ele e sua família tinham escolhido o balneário de Phuket, na Tailândia, para passar o Natal e parte das férias. Na hora de pagar a viagem, Felipão foi convencido pela mulher Olga a deixar a praia de lado e optar por um lugar diferente, onde pudessem ver a neve. Os filhos fizeram bico, pois também queriam a Tailândia, um lugar paradisíaco e que encantou todos por fotos. Mas prevaleceu a opinião da matriarca. E Phuket ficou para outra ocasião. Foi a sorte. O balneário foi arrasado pelas ondas da tsunami.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.