Felipão promete liberar palmeirenses

Antes mesmo de anunciar a convocação do goleiro Marcos e do meia Alex, que fazem parte da lista de jogadores que defenderão o Brasil contra o Uruguai, dia 1º de julho, pelas Eliminatórias, o técnico Luiz Felipe Scolari já admitiu a hipótese de liberar os dois caso o Palmeiras se classifique para a final da Libertadores. Como a seleção se apresenta no dia 18, os dois palmeirenses seriam obrigados a desfalcar seu time nos dias 20 e 27, datas da decisão da competição sul-americana. Mas, Felipão pretende contornar esse problema, mostrando que irá fazer de tudo para ter um bom relacionamento com os clubes. Nesta quarta-feira à noite, no Palestra Itália, Palmeiras e Boca Juniors decidem a vaga na final da Libertadores. Se a equipe brasileira se classificar, Felipão já tem uma estratégia pronta. ?Vamos conversar com o pessoal do Palmeiras e quem sabe, os dois jogadores fiquem trabalhando com a gente e dois dias antes do jogo ou da viagem, a gente libere os dois para o clube?, explicou o treinador da seleção.Como não teve muito tempo para montar a lista de convocados, já que foi contratado ontem, Felipão disse que podem surgir pequenos problemas com alguns jogadores chamados. Ele citou o exemplo do atacante Élber, do Bayern de Munique, que foi cortado do grupo que disputou a Copa das Confederações para se recuperar de uma antiga contusão. ?Não tive tempo para falar com todos os atletas e por isso, poderemos ter algum problema de lesão e será preciso alterar a lista. O Élber é um desses casos?, revelou.

Agencia Estado,

13 de junho de 2001 | 12h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.